"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

terça-feira, 4 de junho de 2013

Corpos


Tempo temporal temporário,
relativo restante relapso.
Resta a mim esse breve relato
em forma formato de poema escarrado.

Passa tempo,
ver o tempo passar é passatempo.
Minutos, segundos, unidades carnais,
são como versos impenetráveis vestais.

Pedras no caminho,
Josés e o agora,
Gauches sem história,
e eu aqui um estranho no ninho.

Vida que passa,
vida que segue,
é só um incômodo,
e nada mais.

Nenhum comentário: