"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Da doutrina da existência



Compêndio da existência:
Ser vivo ou ser morto.
Ser morto ou ser vivo.
Qual distinção entre ambos estados?
Ambos definem-se pela respiração.
Ser vivo é posição de morte permanente,
pois morto rasteja enquanto inspira ar para pulmões veemente.
Vivo mortifica sem vida.
Morto vivifica mortalha.
Alguns buscam aliviarem-se com navalha,
procurando o local para o qual a morte convida.
Vida é eterna dúvida,
assim como morte é pagamento de dívida. 
Vida é sem fim batalha,
enquanto morte é junção de migalha.
Não há fuga, pois morte persegue insensata.
Fim não há, apenas repetição ditosa, bem-aventurada.

Nenhum comentário: