"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Aprendizado de mãe

Quando era criança,
disse-me minha mãe que era bonito.

Falou-me para nunca desistir de meus sonhos,

para estudar inglês e viver por um tempo em Nova York.

Aconselhou-me a aprender com os problemas

e tornar-me cada vez mais forte,

a nunca conversar com estranhos,

a aceitar a vida e suas reviravoltas,

o caminho e seus percalços,

a chutar as pedras que impedem o destino,

a buscar a liberdade e a lutar pelos meus direitos,

a respeitar o próximo e suas idiossincrasias,

a trabalhar duro por meus objetivos.


Rememoro aqui seus conselhos,

Enquanto minha vida passa toda por minha mente tal como um filme.

Nenhum comentário: