"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Desencontro

O velho manco chorava.
O jovem chorão mancava.

O verso de solidão os marcava.
A vida marejava de ambos de forma tácita.
Nunca se encontravam, apesar de pai e filho serem.
Nada os mudava, nada os ligava.

O velho manco chorava.
O jovem chorão mancava.

O pai na cama ficava.
O filho lágrimas derramava.
O pai não mais ralhava.
O filho jamais se revoltava.
Nada os mudava, nada os ligava.

O velho manco chorava.
O jovem chorão mancava.
E nenhum deles se comunicava.

Nenhum comentário: