"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Contradições

Quando digo "amo-te", eternamente não está implícito.
Quando abandono-te, o ódio não está subentendido.

Esses versos de solidão fazem-me adormecer na obscuridade de minha alma taciturna.
As profundezas de meu ser asquerosamente construído são tão ambíguas quanto meu amor.

Esquecei-vos, mestres versadores que observam-me.
Vos rogo forças.

Nenhum comentário: