"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Deus

Em que você acredita?
"Não acredite em Deus", diriam os ateus.
"Deus é tudo e está em tudo", falariam os religiosos fervorosos.

Assim, sigo sem rumo.
Ando no escuro,
permaneço no submundo obscuro
em algum lugar onde minha mente não é eloqüente.

Digo para mim mesmo que não quero crer.
Quem sou eu para negar qualquer coisa?
Se eu pudesse ver e enxergar que sou cego,
veria que sou destro e não canhestro.

Não persigo, não persisto.
A vida segue e nada muda nessa existência turva.
Minha mitologia é um arroubo de penúria,
é uma resistência vaga que vaga,
não pára, não raciocina, não desperta do automatismo.
Por isso me constituo em puro raquitismo.

Nenhum comentário: