"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

sábado, 6 de novembro de 2010

Para o Oeste, meu jovem, para o Oeste

Andava a cavalo. Para onde? Para um mundo inefável, indelével. Um mundo sem mentiras, preconceitos, brutalidades. Pensava que era o mundo perfeito? Nunca, pois esse lugar não existe. Hay que perseguir el mundo, pero sin perder la ternura jamás.

Nenhum comentário: