"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Na esquerda da vida

Sangue jorrado
Mangue escarrado

Na vaudeville da vida
gauche é quem quer

Eu quem sou?
Sou apenas um homem qualquer

Em busca da morte encontro a vida
longe da vida encontro a ferida
da ferida tiro a lição
daquilo que não quero não

Sigo ou persisto?
Fico ou insisto?

Sabe lá o que será.

Nenhum comentário: