"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

domingo, 19 de abril de 2009

Homem egocêntrico

Eu me odeio
E odeio todo mundo
Eu odeio adorar
E adoro odiar
Eu sou o homem egocêntrico
Homem egocêntrico
Gastando meu linguajar
Nesse eterno rodeio
De não ressuscitar
O que eu quero matar
Mas sei lá no fundo
O quanto é difícil
Não se acabar
E saber finalizar
Uma ideia iniciada
Não é minha culpa
Não aprender a racionalizar
O que não sei terminar.

Um comentário:

Flávio Reis disse...

lindo meu amigo, lindo.
eita pessimismo que o consome.. kkkkk

:)