"Quem caminha em direção a si mesmo corre o risco do encontro consigo mesmo. O espelho não lisonjeia, mostrando fielmente o que quer que nele se olhe; ou seja, aquela face que nunca mostramos ao mundo, porque a encobrimos com a persona, a máscara do ator. Mas o espelho está por detrás da máscara e mostra a face verdadeira." (Carl Gustav Jung)

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Idiotia mundana

Não irei mentir, vivemos em um mundo de idiotas, infelizmente. Os tempos mudaram bastante, e para pior. As pessoas matam-se umas às outras sem motivos aparentes, apenas por gozo próprio. Hoje não se pode confiar nem mais na família, a instituição máxima da sociedade. São tempos difíceis que havemos de superar, caso queiramos prosseguir com a dominação desse planeta pestilento. Estamos caminhando aos poucos para nossa auto-destruição. Parece que estamos a levar a Teoria Darwinista a sério, lutando pela sobrevivência totalmente ao pé da letra. É uma simples questão de semântica e não de biologia ou qualquer ciência social que se preze. Como dizia, estamos nos matando e para isso é melhor utilizarmos de bombas atômicas de uma vez. Assim, acabamos com nossa inútil e patética existência e deixamos as baratas a dominarem o mundo, quem sabe elas não se mostrem mais civilizadas. É uma coisa a se refletir bastante. Quem sabe se as pessoas deixassem de ser tão inúteis e idiotas, lessem mais, se interessassem mais por política, por seus direitos, respeitassem mais o direito alheio. Lamentavelmente acho isso impossível e apesar de saber que julgames pessimista e louco, caro leitor amigo, digo a ti que estamos mesmo destinados à uma espécie de limbo reservado apenas às almas mais inúteis, como a maioria das pertencentes à raça humana.

Nenhum comentário: